sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Sentimentos contraditórios - Parte II

Queria referir uma outra situação. Para além do Bernardo e Afonso, quase á cinco anos atrás, num dia chuvoso e friorento, fui "mãe" pela terceira vez, de um pequeno ser rosadinho e sossegadito. Já cresceu, é a teimosia pura em pessoa, convicta das suas opiniões e bate o pé no chão, com a mão na cintura, quando as coisas não lhe correm como quer. Ela é a Margarida, minha sobrinha, que devido a alguns contratempos infelizes, tratei dela como se de mim tivesse nascido...Para nós é o nosso terceiro filho. Assim, Leta só posso dizer que te adoro por nos teres dado a parte que nos faltava.

25 comentários:

Vanessa Guerra disse...

és de certeza uma excelente mãe e "mãe" dessa tua menina dos teus olhos.. parabens... és querida, atenciosa, correcta, tudo o que uma mulher tem de melhor.. beijinhos amiga

myleta disse...

ÉS HORRÍVEL!!!!!!!!!
Eu estou no meu local de trabalho! Já viste o que vão pensar de mim aqui nestas figuras??? Já tenho os olhos a chorar, o nariz que parece uma batata vermelha e um nó na garganta.... obrigada também, sabes que não foi fácil na altura, mas tinha a certeza de uma coisa: a minha filha estava muito bem entregue!!! Por isso e muito mais: OBRIGADA! (não foi por nada que a vida se encarregou de nos juntar, tenho a certeza!)

Starlight disse...

Obrigada querida!Seus recadinhos no meu blog iluminam meus dias:)
Que lindo o texto que você escreveu!
Parabéns pelos filhos queridos que tens:)
Tenha um fim de semana abencoado também.

Paula disse...

eheheheh já viste Myleta ke a "nossa" (sim porque agora é minha também) tem a capacidade de por 2 mulheres (pelos menos) a chorar no local de trabalho.
Jokinhas :)

Faty disse...

Ola amiga

Tb te desejo um bom fim semana e dizer que deves ser uma mãe adoravel - eu tenho um filho mas desde que a minha sobrinha nasceu tem sido como uma filha : aquela que nunca tive pq tive um aborto antes do meu filho .
A minha afilhada veio preencher esse vazio e eu adoro-a e custumo dizer que tenho 2 filhos pq ela ta sempre em minha casa enquanto a minha irmã ta a trabalhar .
Sera que posso perguntar pq ficas-te com a tua sobrinha ?

Não há coisa mais linda que ser mãe .

beijinhos querida e mtas felicidades para todos ai em casa .

Serões da Inês disse...

Então já lá vão 3 a chorar no trabalho.
Olha Paula, o drama da Paulinha (Estrela na Areia) já conhecia, o da faty fiquei a conhecer agora. Para quem hoje se está a sentir tão em baixo como eu, deveria ser uma boa lição.
1º não tenho razão para estar assim
2º tenho tudo para ser feliz
3º a verdade é que por mais que diga isso a mim mesma, continuo a não me sentir feliz.
E realmente depois de ler as tuas mensagens, temos que considerar que os nossos "pequenos problemas" não são nada comparados com o da Paula e o da Faty.
Todos os dias agradeço a Deus tudo o que tem feito por mim. Mesmo assim, às vezes somos ingratas e sentimo-nos tristes sem conhecer realmente o sofrimento a sério.
A vida é cheia de coisas boas e más e devíamos centrarmo-nos mais nas boas.
São poucas hoje em dia as pessoas que podemos considerar nossas amigas, fechamo-nos, ficamos carentes e sem ter em quem confiar. Guardamos tudo cá dentro e depois quando queremos gritar ao mundo o que sentimos, não podemos se não vão dizer que somos loucas.
Bem, já me alonguei demasiado.
Um beijinho enorme para ti Paula
Inês

Duda disse...

Olá!
Dá para ver que és uma boa mãe, e mãe não é aquela que só que gera é aquela que tb dá amor, carinho, que está lá nos bons e maus momentos. Deves ter três filhotes lindos. Eu tb tenho duas princesinhas e elas são tudo para mim.
Bom fim-de-semana.
Bjinhos

Moquinhas disse...

Olá Paula deixaste-me verdadeiramente arrepiada com aquilo que escreveste...como eu te compreendo...já sou amiga virtual da Paula Estrela na Areia a algum tempo até já tive o grande prazer de a conhecer pessoalmente e posso-te dizer que ela e o marido são ...sem palavras!!
Eu só sou mãe de um pimpolhinho de 3 anos que me pregou a maior partida que se pode imaginar pois nasceu com pneumonia e este 14 dias entre cá e lá!!
Hoje é um reguilinha não para um segundo e tal como tu adoro o sossego quando ele dorme a sesta como agora e me deixa respirar um pouquinho...mas não imagino a minha vida sem ele...ele é a minha vida eu sei que não é muito bom ser assim...mas eu sofri tanto com medo de o perder que me apeguei ainda mais do que o normal...mas afinal o que é o normal?!
E prontos já me pusseste a escrever testamentos...
Beijoquinhas e bom fim de semana e um beijinho muito grande para ti e para as tuas 3 estrelinhas:))

francisca disse...

Também queria dizer que já tive o prazer de conhecer a Paula e garanto-vos que é tal e qual o que mostra ser, sensível, forte sentido de lealdade e amizade e muito profissional. Por isso, este texto não me surpreende. Parabéns minha querida. Francisca

Natty Lioness disse...

Muito engraçado essa de sermos peixes e cabras (n soa realmente bem...). Desta vez eu fui a lenta, para responder ao teu comentário rsrs Deve ser algo relacionado com os signos...

Tem um otimo final de semana ;*
Sofia

Rute Matos disse...

olá
a história da faty já conhecia a da paula não
à faty desejo que continue com a garra de sempre, ela sabe k pode contar cmg... à paula desejo mt mt força e esperança, um dia a "vida" sorrirá para ela...
bjks e kk koisa tb podes contar cmg
e a ti, Paula, kero agradecer todos os comentários e desejar tb mt felicidade, pk pelo que li, denoto em cada palavra que há uma grande mulher por aí
bjks

liliandreia disse...

Lindo!Parabens pelos meninos bonitos que tem.tudo de bom
bjs

wilma disse...

Olá...
Gostei dos dois posts.
O anterior.
Eu sou mãe e não sei o drama que é de quem sofre com a falta de um filho...mas imagino que não deva ser nenhum pouco bom.
E quanto à sua sobrinha, eu também tenho uma que supre a falta de uma menina em minha vida, já que tenho apenas um menininho de 6 anos...rsrs
Bom final de semana!

paulavicente.artfactu disse...

Oi Natty, realmente não devia estar nos melhores dias...deve ser da cor do cabelo...enfim, nada de novo. Fica bem.

APO (Bem-Trapilho) disse...

pois é, resumindo e concluindo estes teus dois posts, nunca se está como se quer, se não temos filhos é porque nos falta algo e se temos é porque é o caos!!! é verdade! o grande problema do ser humano é que tem dificuldade em ser feliz com o que a vida lhe dá. e contra mim falo! acho que é esse mesmo o segredo da felicidade! aprender a ser feliz com o que se tem. e também a questão de querermos tanto ser mães e pais e se não conseguirmos passamos uma vida frustradissimos é "culpa" da pressão social que se gera em torno de qualquer casal recém casado. eu e o meu marido quisemos logo tentar engravidar, mas há quem nao queria e até acho muitissimo bem. porque nao curtir um pouco mais o casamento só a dois? mas aí vem toda a gente perguntar a toda a hora: "-Entao, para quando os bebés?" A pessoa quase que se sente uma verdadeira criminosa se por acaso lhe passar pela cabeça responder que não quer ter filhos ou pelo menos não para já. E esta pressão sente-se nas mulheres desde meninas bem pequeninas. até nos desenhos animados, tantos deles ensinando que a princesa só é feliz para sempre se casar com o príncipe e se tiver filhos. e se por acaso a mulher já está perto dos trinta e ainda não é casada? ui, ai da mulher que ainda nao estiver casada aos trinta!!! é porque vai ficar para tia, ou porque tem cá um feitiozinho que ninguém a atura, ou porque... será lésbica?!?!?!... :)
mas a maior parte das pessoas nem faz por mal. mas o problema é que faz! entao e se a pessoa nao quiser casar? tem que andar o resto da vida a ouvir os mesmos comentários é o que é!
bom mas concluindo o que eu acho é que devemos todos tentar ser felizes com o que temos e mais nada, senão nunca estaremos felizes.

bom amiga, desculpa lá o desabafo, acho que entrei em velocidade cruzeiro e perdi a noção! sorry!

ººº bjinho e bom fds! ººº

Cor de Mel disse...

Que linda!!!
Sabes, eu também tenho uma sobrinha linda que adoro e as pessoas ficam horrorizadas comigo, quando digo que gosto tanto dela como do meu filho, mas é a verdade, até porque ela nasceu 3 anos antes dele, numa altura em que eu já achava que nem ia ter filhos nunca e foi o meu primeiro amor...
Acho que me compreendes.
Um grande beijinho,
Lia.

Nandilene disse...

Oi Paula
Quero dizer a vc que suas visitas são sempre especiais e que lendo seus dois últimos posts percebo o quanto vc é especial para as pessoas que a cercam e quanto são amadas as pessoas citadas nos posts.
Um super beijo e um final de semana mais que especial!

Vera disse...

Linda, és com toda a certeza uma belissima mãe e uma extraordinária pessoa!
beijinhos
Vera

nile santos disse...

Oi amiga.Parabén pela menina e pelo filho.Bom fim de emana para voce.Richard.

Serões da Inês disse...

É verdade Paula, amor não me falta, nem do marido nem do filho. E eles são a melhor coisa que tenho.
Qual é o horário da loja, Paula?
Gostava de te visitar.
Beijocas e resto bom fim de semana
Inês

Anónimo disse...

Boa noite, já tinha ouvido falar de ti. Demorei a encontrar o blog mas já cá estou. Entendi não comentar os trbalhos porque reparei que as vidas são mais importantes. Ainda bem que o fizeste. Pelo menos não és como certas criaturas que andam por aí a destilar e a amorder a lingua. Desculpa ficar como anónima, mas vou enviar um email e penso que entendes o porquê. Muitos parabéns e continua a ser tu mesma. Ás raparigas em questão só posso desejar tudo de muito bom para cima.

ANA LÚCIA disse...

Gostei do seu blog.Trabalhos interessantes.
Obrigado por visitar o emu blog. Será sempre bem vinda.
Abçs,
Ana

MirianArtes disse...

Uau, pelos vistos voces vão por toda gente a chorar!! hehehe
Mas tb tenho a dizer que ser mae foi o melhor que me aconteceu na vida, tenho uma princesa de quase 6 anos e também com este mesmo feitio da Margarida, mas é a razão da minha vida!
E tu Paula és uma querida cheia de sorte!! e com certeza que a Margarida também!
Já te conheço melhor agora.
Bom fim de semana!
Beijinhos

Claudiacva disse...

É impossivel não gostar daquela princesa, principalmente a tia babada, já para não falar nos resto da familia.
Bjs

Fátima disse...

Obrigado por partilhares este pedacinho da tua vida, de facto há pessoas assim e tu uma "delas", parabens por seres MÃE.
Beijokas amiga